Páginas

3 de maio de 2010

Piadas de Segunda #10

A QUARTA IDADE

Hoje, não pude deixar de reparar numa velhinha de cerca de 80-85 anos, sentada num banco de jardim, chorando copiosamente. Aproximei-me dela e perguntei-lhe o que tinha.
Ela disse:
- Tenho um marido de 22 anos em casa. Ele faz amor comigo todas as manhãs, depois levanta-se e prepara-me o café: cereais, ovos mexidos com bacon, café acabado de fazer...
E perguntei:
- Então por que é que a senhora está chorando?
E ela respondeu:
- Ele me faz sopa caseira para o almoço e os meus bolinhos favoritos e depois faz amor comigo até meio da tarde...
Eu repeti a mesma pergunta:
- Mas por que é que a senhora está chorando?
E ela respondeu:
- Para o jantar ele me faz uma refeição deliciosa com um vinho excelente e a minha sobremesa preferida, e depois faz amor comigo até às 2 da manhã...
Eu perguntei:
- Pois, e então por que cargas d"água é que a senhora está em prantos?
Ao que ela me respondeu:
- PÔ!! NÃO CONSIGO ME LEMBRAR ONDE MORO!!!

NA MALHA FINA

O empresário chega prá mulher e diz:
- Querida, recebi uma intimação para comparecer na Secretaria da Receita Federal, acho que caí na malha fina. Você acha que devo comparecer à repartição de jeans ou de terno e gravata?
- Bem, querido... vou te dizer a mesma coisa que minha mãe me disse quando perguntei se, na noite de nossas núpcias, eu deveria usar uma calcinha de rendas ou uma calcinha de seda!
- E o que foi que sua mãe disse?
- Ela disse: "Tanto faz. Ele vai te f(*) de qualquer jeito."

O MÉDICO E O MECÂNICO

Um mecânico está desmontando o cabeçote de uma moto quando vê na oficina um cirurgião cardiologista muito conhecido. Ele está olhando o mecânico trabalhar. O mecânico pára e pergunta:
- Hei, doutor, posso lhe fazer uma pergunta?
O cirurgião, um tanto surpreso, concorda e vai até a moto na qual o mecânico está trabalhando. O mecânico se levanta e começa:
- Doutor, olhe este motor. Eu abro seu coração, tiro válvulas, conserto-as, ponho-as de volta e fecho novamente, e, quando eu termino, ele volta a trabalhar como se fosse novo. Como é então que eu ganho tão pouco e o senhor tanto, quando nosso trabalho é praticamente o mesmo?
O cirurgião dá um sorriso, se inclina e fala baixinho ao mecânico:
- Tente fazer isso com o motor funcionando!

DE GRAÇA, POR QUE NÃO?

O bêbado está levando a maior dura do delegado:
- Quer dizer que o senhor estava envolvido na briga desses pilantras?
- Quem? Eu? De... hic... jeito nenhum, dotô delegado. Eu sou da... hic... paz!
- Então porque os policiais trouxeram o senhor pra cá?
- Eles trouxeram... hic... não... fui eu que quis vir...
- Não entendi!
- Tava a maior... hic... briga no bar! Aí encostou o camburão... hic... e um polícia gritou... hic... "É cana pra todo mundo!". Aí eu falei: "Tô dentro!".

- Assine nosso Feed é grátis e não doi, ou siga nosso blog!-

2 comentários:

Anônimo disse...

De graça, pq não? Tô dentro! kkkkkkkkkkkk

TITAN disse...

dee graça to dentro ... uashusahsauhsauas kee isso .. hic hic .. a velinha tambem mto showw .. hic hic .. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ...

blog tah show aee!